6.12.07

Há sentimentos que não se explicam

Hoje soube que a G. tem 50 anos... e deu-me vontade de chorar porque o tempo voa. Porque "ontem" era uma "miúda" que me viu nascer; que tomava conta de mim e de quem eu tinha saudades à noite, quando ela não estava. Lembro-me de lhe saltar para o colo quando chegava de manhã e dizer "Óiah! Pintei axx unhaxx!", de irmos as duas à padaria e de eu levar um saco debaixo do braço para a imitar, de a ver chorar quando o pai partiu... Lembro-me da carta que lhe escrevi quando teve de nos deixar e de ficar feliz por voltar passdos 2 anos. Dói ver que já passou tanto tempo. Gosto da G. como minha 2ª mãe. Há sentimentos que não se explicam.

1 comment:

"Couse" Tiago said...

Excelente post Jo! :) Muito bom mesmo! Fez-me bem le-lo.

Deu para parar e pensar numa quantidade de pessoas e acontecimentos que nos marcam.

Obrigado ;)